Notícias

GelAvista

2 dias atrás
GelAvista

Partilhamos as ocorrências de #OrganismosGelatinosos, avistados ao longo da última semana em #Portugal pelos #ObservadoresGelavista. Esta semana tivemos com grandes números de Salpas, na zona centro do país. Contamos com os vossos contributos! Para informações sobre os cuidados a ter e quais as espécies mais venenosas consulte https://gelavista.ipma.pt/cuidados/ ➤ Salpidae (#Salpas) - Praia da Areia Branca (#lourinha) - Praia do Sul, praia dos Pescadores (#mafra) - Praia Grande (#sintra) - Praia do Guincho (#cascais) - Praias da Costa da Caparica (#almada) ➤ Velella velella (#Velei

GelAvista

5 dias atrás
GelAvista

🤿 Se faz mergulho e gosta de fotografia subaquática, então já terá tido oportunidade de captar imagens de diferentes organismos gelatinosos no seu habitat natural. Partilhe connosco as suas fotos, sempre com a indicação do local, data, hora e número de indivíduos observados. 🌊 Ajude-nos a monitorizar os gelatinosos e dar a conhecer a beleza das espécies que ocorrem em Portugal, enviando-nos os seus avistamentos através da aplicação GelAvista ou para plancton@ipma.pt. Seja um observador #GelAvista! Contamos consigo para fazer ciência. 📷 Luís Rafael IPMA CIIMAR / CIMA

GelAvista

há uma semana
GelAvista

Partilhamos as ocorrências de #OrganismosGelatinosos, avistados ao longo da última semana em #Portugal pelos #ObservadoresGelavista. Continuamos com uma grande ocorrência de Veleiro, um pouco por todo o país. Vamos continuar atentos e a aguardar os vossos contributos! Para informações sobre os cuidados a ter e quais as espécies mais venenosas consulte https://gelavista.ipma.pt/cuidados/ ➤ Velella velella (#Veleiro) - Praia de Vila Praia de Âncora (#caminha) - Praia Norte, moinho da Areosa (#vianadocastelo) - Praia de Árvore, praia de Mindelo (Vila do Conde) - Praia de Mira (#mira)

GelAvista

há uma semana
GelAvista

Tentáculos é a palavra do dia, dada a importância que estes assumem na alimentação e na defesa dos gelatinosos. Ajude-nos a realizar a monitorização das espécies que ocorrem em Portugal. Aceite o nosso desafio e envie-nos os seus avistamentos, mesmo que nulos, através da aplicação #GelAvista ou para plancton@ipma.pt. Seja um cidadão cientista! Contamos consigo para fazer ciência. IPMA CIIMAR / CIMAR Associate Laboratory #IPMA #ciênciacidadã #citizenscience #observadoresgelavista #jellyfish #mar #sea #oceano #ocean #praia #beach #natureza #nature #naturephotography #marine

GelAvista

2 semanas atrás
GelAvista

Conhece as principais espécies de gelatinosos que ocorrem em Portugal? Se tiver dúvidas, consulte a informação disponível quer na app #GelAvista, quer no nosso website (gelavista.ipma.pt/espécies), e parta à descoberta de organismos gelatinosos numa praia perto de si! Se for um utilizador registado, é possível ter acesso ao histórico dos seus avistamentos comunicados através da app. Assim, será fácil verificar quantas espécies já encontrou e quantas lhe faltam para completar a sua “coleção”. E lembre-se! Sempre que encontrar um gelatinoso, comunique essa observação a

GelAvista

2 semanas atrás
GelAvista

Partilhamos as ocorrências de #OrganismosGelatinosos avistados ao longo da última semana em #Portugal pelos #ObservadoresGelavista. Verifica-se uma grande ocorrência de Veleiro, como já vem sendo hábito nesta época do ano. Vamos continuar atentos e a aguardar os vossos contributos para verificarmos a sua extensão temporal e espacial! ➤ Velella velella (#Veleiro) - Praia de Gelfa, praia da Avenida do Campo do Castelo (#caminha) - Praia de Castelo do Neiva, praia da Amorosa, praia do Canto Marinho (#vianadocastelo) - Praia Suave Mar, praia de Cepães, praia da Apúlia (Esposende) - Pra

GelAvista

3 semanas atrás
GelAvista

Seja um #observadorGelAvista! Envie os dados de avistamentos de organismos gelatinosos através da app #GelAvista ou para plancton@ipma.pt: 👉 Data, hora e local do avistamento; 👉 Fotografia, se possível, do(s) gelatinoso(s) junto de um objeto que sirva de escala; 👉 Número estimado de organismos avistados na área. 🌊 Caso não encontre qualquer gelatinoso numa zona costeira, comunique-nos igualmente esse avistamento nulo, que confirma que a inexistência de registo das espécies naquele local não se deve à falta de observações. Contamos consigo para fazer ciência!

GelAvista

3 semanas atrás
GelAvista

O GelAvista encontra-se a monitorizar o bloom de veleiro (Velella velella) que está a ocorrer ao longo da costa de Portugal continental, com maior incidência no Norte e Centro do país. O arrojamento de organismos desta espécie em grande número é um fenómeno natural e usual nesta época do ano. Considerada ligeiramente urticante, a veleiro não representa um perigo para os cidadãos, desaconselhando-se, no entanto, o contacto com os seus tentáculos. Ajude-nos a obter informação correta sobre a extensão da ocorrência desta espécie. Esteja atento e envie-nos os seus avistamentos at

GelAvista

3 semanas atrás
GelAvista

Os Pirosomas ocorrem em águas costeiras, podendo ser também encontrados a grandes profundidades. São colónias formadas por inúmeros zooides, cuja estrutura rígida lembra um cilindro oco, com uma das suas extremidades aberta. Estes organismos cordados alimentam-se de fitoplâncton por filtração e movem-se por propulsão, bombeando água através dos seus corpos. O seu nome tem origem nas palavras gregas pyros, que significa fogo, e soma, corpo, fazendo alusão à bioluminescência da espécie. Envie-nos qualquer avistamento desta ou de outras espécies através da nossa aplic

GelAvista

3 semanas atrás
GelAvista

Aproveitamos esta quadra festiva para agradecer a participação de todos os cidadãos cientistas no programa GelAvista, pois é graças ao vosso empenho e entusiasmo que tem sido possível continuar o aumento do conhecimento científico existente sobre as espécies de gelatinosos que ocorrem em Portugal. Se ainda não é nosso observador, embarque connosco nesta aventura e ajude-nos a reunir mais dados que nos permitam, a longo prazo, verificar os efeitos das alterações climáticas. Votos de uma Páscoa feliz e continuação de muitos e bons avistamentos! Saudações gelatinosas, E

GelAvista

3 semanas atrás
GelAvista

Partilhamos as ocorrências de #OrganismosGelatinosos avistados ao longo da última semana em #Portugal pelos #ObservadoresGelavista: ➤ Physalia physalis (#CaravelaPortuguesa) - Praia dos Moinhos (#ribeiragrande) - Praia de São Lourenço (#viladoporto) ➤ Catostylus tagi (#MedusadoTejo) - Praias da Costa da Caparica (#almada) - Praia de Santo António (#vilarealdesantoantonio) ➤ Informações de avistamentos nulos foram registadas em: - Praia Norte (#vianadocastelo) - Praia de São Pedro de Moel (#marinhagrande) - Praia da Areia Branca e praia da Peralta (#lourinha) - Praia da Foz

GelAvista

4 semanas atrás
GelAvista

O que é um avistamento nulo? É a comunicação da ausência de gelatinosos numa determinada área, que confirma que a inexistência de registo naquele local não se deve à falta de observações. Se estiver numa zona costeira e não detetar gelatinosos, envie-nos esse #avistamentonulo através da app GelAvista ou para plancton@ipma.pt. Seja um cidadão cientista! Contamos consigo para que, em conjunto, possamos continuar a fazer ciência. 📷 José Azevedo IPMA CIIMAR / CIMAR Associate Laboratory #ipma #ciênciacidadã #citizenscience #observadoresgelavista #jellyfish #medusa #sea #ma

GelAvista

4 semanas atrás
GelAvista

No passado sábado, o GelAvista e o FitoAvista participaram no II Simpósio de Salvamento Aquático, iniciativa da Escola de Formação de Nadadores-Salvadores Profissionais do Instituto Politécnico da Maia, que decorreu no Campus Académico da Maiêutica. Assista em https://fb.watch/r2CzCx6C9n, a partir das 5:02:25, às apresentações dos programas de ciência cidadã e à posterior troca de ideias, que focou as recomendações de procedimentos a adotar nas praias em caso de contacto com organismos gelatinosos, assim como os fenómenos naturais que permitem detetar grandes concentrações

GelAvista

4 semanas atrás
GelAvista

A medusa-tambor (Rhizostoma luteum) é uma espécie de grandes dimensões, sendo considerada uma das maiores que ocorre em águas portuguesas. Caracteriza-se pelos seus braços orais curtos e folhosos, com longos apêndices de coloração escura nas extremidades, que apresentam um formato semelhante a um taco de golfe. Trata-se de uma medusa comum na costa portuguesa, que é avistada com particular incidência no Algarve durante os meses de verão e outono. Uma vez que é ligeiramente urticante, deverá evitar tocar-lhe, mesmo quando esta aparenta estar morta na praia. Colabore connosco

GelAvista

4 semanas atrás
GelAvista

Partilhamos as ocorrências de #OrganismosGelatinosos avistados ao longo da última semana em #Portugal pelos #ObservadoresGelavista: ➤ Velella velella (#Veleiro) - Praia do Poço da Cruz (#mira) - Praia de São Pedro de Moel (#marinhagrande) - Praia da Pedra do Ouro (#alcobaca) - Praia do Baleal (#peniche) - Praia Grande (#sintra) ➤ Physalia physalis (#CaravelaPortuguesa) - Poça da Rainha (#horta) - Baía do Fanal (#angradoheroismo) - Praia das Milícias (#pontadelgada) ➤ Catostylus tagi (#MedusadoTejo) - Lagoa de Albufeira (#sesimbra) ➤ Informações de avistamentos nulos

GelAvista

4 semanas atrás
GelAvista

A palavra escolhida para hoje é “Publicação”, que encerra a divulgação das diferentes etapas do método científico. Ajude-nos a realizar a monitorização das espécies que ocorrem em Portugal. Aceite o nosso desafio e envie-nos os seus avistamentos, mesmo que nulos, através da aplicação #GelAvista ou para plancton@ipma.pt. Seja um cidadão cientista! Contamos consigo para fazer ciência. IPMA CIIMAR / CIMAR Associate Laboratory #IPMA #ciênciacidadã #citizenscience #observadoresgelavista #jellyfish #mar #sea #oceano #ocean #praia #beach #natureza #nature #naturephotography

GelAvista

há um mês
GelAvista

Este sábado, 23 de março, os programas de ciência cidadã GelAvista e FitoAvista participam no II Simpósio de Salvamento Aquático, promovido pela Escola de Formação de Nadadores-Salvadores Profissionais do Instituto Politécnico da Maia. O Campus Académico da Maiêutica acolhe o evento, que pretende ser um espaço de reflexão sobre o salvamento aquático em todas as áreas de intervenção. O GelAvista focará a sua apresentação nas recomendações sobre os procedimentos a adotar nas praias, em caso de contacto com gelatinosos, enquanto o FitoAvista convidará os participantes a de

GelAvista

há um mês
GelAvista

Entre os dias 17 e 21 de março, o GelAvista participa no 7th International Zooplankton Production Symposium, em Hobart, na Austrália, com o poster alusivo à nova ocorrência da hidromedusa Odessia maeotica em Portugal. Publicado na revista da especialidade Aquatic Ecology, o artigo científico resulta dos dados recolhidos pelo observador GelAvista, José Azevedo, e da análise morfológica e molecular feita posteriormente pela equipa de autoras. Consulte o trabalho em https://link.springer.com/article/10.1007/s10452-023-10071-5. IPMA CIIMAR / CIMAR Associate Laboratory #IPMA #GelAvist

GelAvista

há um mês
GelAvista

A #MedusaCompasso (Chrysaora hysoscella) distingue-se facilmente das outras espécies de gelatinosos pela bandas castanhas-escuras que se projetam a partir do centro da campânula, em forma de V. Possui quatro longos braços orais de aspeto frisado e 24 tentáculos marginais, encontrando-se estes últimos repletos de células urticantes. O contacto com esta medusa pode deixar marcas dolorosas e duradouras na pele. Envie-nos qualquer avistamento desta ou de outras espécies através da nossa aplicação ou para plancton@ipma.pt. Seja um cidadão cientista! Contamos consigo para que, em c

GelAvista

há um mês
GelAvista

Partilhamos as ocorrências de #OrganismosGelatinosos avistados ao longo da última semana em #Portugal pelos #ObservadoresGelavista: ➤ Velella velella (#Veleiro) - Praia Norte (#vianadocastelo) - Praia da Sãozinha (#vilanovadegaia) - Praia de Mira e praia do Poço da Cruz (#mira) - Praia do Cabo Mondego (#figueiradafoz) - Praia de São Pedro de Moel (#marinhagrande) - Praia da Gambôa (#peniche) - Praia Azul (#torresvedras) - Praia Grande (#sintra) - Praia do Guincho (#cascais) - Praias da Costa da Caparica (#almada) - Praia do Carvalhal (#grandola) ➤ Physalia physalis (#Caravela

GelAvista

há um mês
GelAvista

A palavra escolhida para hoje é “Teste”, dando assim continuidade à divulgação das diferentes etapas do método científico. Ajude-nos a realizar a monitorização das espécies que ocorrem em Portugal. Aceite o nosso desafio e envie-nos os seus avistamentos, mesmo que nulos, através da aplicação #GelAvista ou para plancton@ipma.pt. Seja um cidadão cientista! Contamos consigo para fazer ciência. IPMA CIIMAR / CIMAR Associate Laboratory #IPMA #ciênciacidadã #citizenscience #observadoresgelavista #jellyfish #mar #sea #oceano #ocean #praia #beach #natureza #nature #naturepho

GelAvista

há um mês
GelAvista

Tanto a caravela-portuguesa (Physalia physalis), como o veleiro (Velella velella) possuem um flutuador e apresentam uma cor azulada, características que podem dificultar a distinção entre estes organismos coloniais. Para uma correta identificação das espécies, importa recordar: - A caravela é, por norma, maior que o veleiro; - Os tentáculos da caravela chegam a atingir os 30 metros, enquanto os do veleiro são curtos; - O flutuador da caravela parece um balão, enquanto o do veleiro lembra uma vela triangular; - Para além da cor azulada, a caravela pode ainda exibir tons de lilás e

GelAvista

há um mês
GelAvista

Seja por se encontrar próxima de casa ou do trabalho, seja por reunir as condições ideais para a prática de algum desporto de que gostamos ou por qualquer outro motivo, há sempre uma praia que frequentamos mais. Quando visitar a sua praia preferida, envie-nos o seu avistamento, mesmo que este seja nulo, através da aplicação #GelAvista ou para plancton@ipma.pt. Participe na monitorização das populações de #gelatinosos em Portugal! Contamos consigo para fazer ciência. 📷 Ulrike Eisenmann IPMA CIIMAR / CIMAR Associate Laboratory #ipma #ciênciacidadã #citizenscience #obser

GelAvista

há um mês
GelAvista

A água-viva-riscada (Aequorea spp.) é uma medusa translúcida, em forma de disco voador, cuja campânula apresenta inúmeros canais radiais e mais de dez tentáculos marginais. O seu tamanho varia entre os 5 e os 18 centímetros de diâmetro. Consideradas como ligeiramente urticantes, estas hidromedusas distribuem-se em todas as regiões marinhas temperadas e tropicais. Envie-nos qualquer avistamento desta ou de outras espécies através da nossa aplicação ou para plancton@ipma.pt. Seja um cidadão cientista! Contamos consigo para que, em conjunto, possamos continuar a fazer ciência.

GelAvista

há um mês
GelAvista

Partilhamos as ocorrências de #OrganismosGelatinosos avistados ao longo da última semana em #Portugal pelos #ObservadoresGelavista: ➤ Velella velella (#Veleiro) Praia do Homem do Leme (#porto) Praia da Costa Nova (#ilhavo) Praia do Areão e praia da Vagueira (#vagos) Praia do Poço da Cruz (#mira) Praia de Buarcos (#figueiradafoz) Praia dos Supertubos e praia do Baleal (#peniche) Praia da Peralta (#lourinha) Praia da Vigia ou do Amanhã e praia da Mexilhoeira (#torresvedras) Praia Grande (#sintra) Praia do Guincho (#cascais) Praias da Costa da Caparica (#almada) ➤ Catostylus ta